sexta-feira , 26 maio 2017
Últimas Notícias
AMBIENTES SUSTENTÁVEIS COM AUTOMAÇÃO RESIDENCIAL

AMBIENTES SUSTENTÁVEIS COM AUTOMAÇÃO RESIDENCIAL

Além de aumentar a praticidade em suas tarefas domésticas, se existe uma coisa que um bom sistema de automação residencial pode trazer para sua casa, essa é a sustentabilidade. Isso porque uma casa inteligente saberá com exatidão quando, como e quanto gastar em eletricidade, água e gás, trazendo uma bela economia de energia e, consequentemente, um alívio para o seu bolso.

RI Rio de Janeiro (RJ) 04/12/2014 Premio O Globo Casa Cor Rio - Espaços premiados em 6 diferentes categorias. Na foto, melhor harmonização de peças de design, de Emmilia Cardoso. Foto Ana Branco / Agencia O Globo Ana Branco / Agência O Globo

No quesito eletricidade, uma casa inteligente pode trazer, por exemplo, células fotovoltaicas, que captam a luz do sol e a transformam em energia elétrica, por meio de placas de silício. O baixo custo de manutenção e a vida longa das células são também boas vantagens que um sistema de automação residencial integre esse recurso.

Os sistemas de automação também funcionam muito bem na hora de controlar recursos hídricos. O uso da água pode ser monitorado por meio de dispositivos direcionados, sendo que uma casa inteligente pode contar com opções de controle e acionamento de sistemas de irrigação ou plataformas que captam água da chuva, podendo reutilizá-la em diversas finalidades na residência.

Mas para que uma casa inteligente faça valer esse conceito de sustentabilidade, é preciso que todos os recursos de automação tenham um bom gerenciamento dessa energia. A partir do uso de uma tela touchscreen, tablet ou até mesmo um smartphone, o sistema de automação residencial deve trazer interfaces interativas, e indicar o quanto de energia é consumida, programar metas de gastos, além de trazer controles que façam um uso eficiente de sensores, temporizadores ou dimerizadores, que controlam toda a iluminação, seja artificial ou natural (cortinas e persianas elétricas).

Esse mesmo sistema de automação também pode utilizar sensores que controlem a temperatura interna de uma residência, via ar-condicionado e aquecedores. Por fim, uma casa inteligente também deve usar sensores de umidade de solo e ar, para o reaproveitamento inteligente das águas pluviais. Tudo isso deve estar acessível ao usuário por meio de uma plataforma intuitiva e inteligente.

Conheça nossos sistema de automação residencial que privilegiam a sustentabilidade. Clique www.eletropires.com.br/advanced-home.html

Fonte:http://blog.plugz.com.br/

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>