terça-feira , 12 dezembro 2017
Últimas Notícias
COMO UTILIZAR A FITA DE LED NA SUA ILUMINAÇÃO

COMO UTILIZAR A FITA DE LED NA SUA ILUMINAÇÃO

O projeto de iluminação de um ambiente está cada dia mais exigente, cada vez mais aliando economia com criatividade com um único produto, seja para iluminar ambientes externos ou internos, com cores quentes, frias ou até mesmo coloridas. As fitas de LED são na atualidade a melhor saída nos projetos residenciais, comerciais, escritórios bares ou restaurantes.

Mas como saber qual tipo de fita comprar e o que preciso saber para instalar essas Fitas de LED? Pois bem, iremos lhe ajudar nesse assunto com esse artigo onde listamos as propriedades mais comuns a ser observada na hora da compra da sua Fita de LED.

Vamos abordar o primeiro tópico da discussão, a intensidade de luz disparada pelas fitas de LED, se você está comprando uma lâmpada você quer saber quanto ela vai iluminar seu ambiente.

Para analisar esse quesito na hora da compra você deverá levar em consideração o local a ser iluminado e seus objetivos, com isso saberá a quantidade de lumens que precisa comprar e qual fita deve levar. Nas fitas de LED o número de lumens que vem especificado no rótulo do produto indica o quanto aquela fita ou rolo consegue iluminar naquele comprimento.

Por exemplo, um rolo de Fita de LED de 5 metros e 250 lumens possui uma relação de fluxo de luminosidade de 50 Lumens por metro aplicado da fita, esse valor ainda é independente da quantidade de chips de LED posicionados ao longo da fita.

Logo, o segundo passo nesse tópico é avaliar a eficiência luminosa, ou seja, a relação entre o fluxo de Luz (lumens) pela potência elétrica consumida (watt), no frigir dos ovos, uma boa eficiência luminosa é aquela que emiti mais luz com menos consumo. No caso das fitas de LED essa é a sua grande vantagem, principalmente nas luzes mais frias, pois com a mesma potência consumida conseguem ligeiramente entregar uma maior luminosidade.

Necessidade de reprodução de cor

Como sabemos nem toda lâmpada possui a mesma qualidade de reproduzir as cores, você já deve ter notado que isso existe quando comprou uma fruta ou legume na feira ao ar livre e ela estava com um verde vivo, ou aquele vermelho vibrante e quando você tirou ela da geladeira da sua casa a cor não estava do mesmo jeito.

A escala que mede essa grandeza vai de 0 a 100 e é conhecida como IRC, esse índice mede a fidelidade de reprodução de cor pela determinada lâmpada, ou seja, quanto mais alto o valor do IRC mais fiel será a reprodução das cores independente de sua temperatura, uma lâmpada de boa qualidade tem seu IRC maior ou igual a 80, lembre-se nem tudo que reluz é ouro.

Temperatura da fita de led

Não tem como não falar de lâmpada sem deixar de falar da sua temperatura, assim como qualquer outra lâmpada as fitas de LED também são medidas em Kelvin.

As fitas de LED possuem suas variações de tonalidades quentes e frias, e essa escolha está totalmente relacionada ao ambiente em que será aplicado essa luz e para cada ambiente existe uma aplicação mais adequada. Algumas fitas de LED ainda possuem um modelo bem versátil chamado de RGB, esse modelo possibilita a inclusão das cores vermelho, azul além das frias e quentes (brancas e amarelas) e são controladas por um controle remoto.

Esse modelo permite ainda que outras cores se criem através dos comandos no controle que misturam as cores primarias para formar outras. Além disso as Fitas de LED RGB possuem uma dimerização, com isso você altera a velocidade na mudança de cor, deixa uma única cor constante ou no modo de efeito “pisca pisca”.

Grau de proteção e como instalar fita de led

Aplicar as Fitas de LED num balcão, parede, teto, jardim, etc., é relativamente simples pois possuem em na maioria dos modelos internos uma fita autoadesiva na parte oposta aos chips de LED, porém ao contrário das lâmpadas de soquetes as Fitas de LED possuem um pequeno e essencial detalhe para seu funcionamento correto, o Driver.

Driver nada mais é a fonte de alimentação para sua fita de LED que estabiliza a tensão fornecida para sua Fita de LED, em grande parte as fitas de LED já possuem o seu próprio Driver, mas caso a sua não tenha e sua instalação das Fitas de LED é uma composição de várias fitas e você precisa instalar um Driver para alimenta-las, você deverá se atentar na corrente necessária, tensão de saída e potência compatível.

As fitas de LED ainda possuem marcas de corte, essas marcas são especificas para cada modelo de fita e comprimento, isso possibilita que você utilize 30cm, 1m, 2m enfim o tamanho ideal para sua necessidade, além de claro poder realizar emendas se necessitar uma fita de 10m, mas lembre-se sempre que cortar sua fita no local correto será necessário que faça um rabicho com solda para poder fazer uma nova ligação.

Outro fator que deve-se levar em conta é o Grau de Proteção ou IP da sua fita de LED, esse grau possui duas variações, sendo:

  • Grau de proteção contra poeiras e objetos sólidos: Varia de 1 a 6;

  • Grau de proteção liquido: Valor que varia de 1 a 8 e indica o quanto a Fita de LED é resistente a água.

Sendo assim, uma fita que aguenta qualquer tranco em qualquer situação é uma fita de LED com IP 68.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>