sexta-feira , 23 junho 2017
Últimas Notícias
COMO UTILIZAR ARANDELAS NA SUA ILUMINAÇÃO

COMO UTILIZAR ARANDELAS NA SUA ILUMINAÇÃO

Luminárias do tipo arandela são aquelas que ficam presas à parede. Além de muito funcionais do ponto de vista luminotécnico, podem ser peças que deixam a casa mais bonita. Vejam abaixo a seguir como escolher o modelo certo para cada ambiente, como e onde instalá-las e como obter a melhor performance na iluminação dos espaços.

O modelo certo

Não existe uma única peça correta para um determinado ambiente. Há uma infinidade de modelos no mercado, de diferentes gostos e estilos. . Uma caixinha branca, básica, não oferece riscos a nenhuma decoração. Ou seja, é difícil errar.

A escolha do modelo certo está diretamente ligada ao tipo de luz que precisamos em um ambiente. Se estamos falando sobre o lavabo, há alguns modelos que funcionam bem. Se é uma sala de estar ou uma varanda, a história é outra.

Como e onde usar

Dependendo da peça, elas oferecem uma luz difusa porém concentrada, sem agredir os olhos e criando um clima gostoso em casa. São bons elementos cenográficos que podem ser usados interna e externamente. Aliás, o melhor lugar para elas são as varandas.

Arandelas devem ser usadas em locais onde a luz não é protagonista. Portanto, não servem em cozinhas, salas de jantar ou escritórios. Locais onde a luz precisa ressaltar aquilo que se vê ou se come. Mas funcionam em ambientes que precisam ser iluminados de forma leve e despretensiosa, como fachadas, corredores, banheiros, varandas e dormitórios.

No caso de fachadas, devem ser usadas em locais de passagem, de forma a conduzir o trajeto. É importante verificar se o modelo escolhido pode tomar chuva e não estraga no tempo. Em banheiros e lavabos, devem ser usadas com moderação. A ideia é apenas iluminar a superfície onde fica a pia e deixar o ambiente agradável.

Para a maioria dos casos, a altura ideal de uma arandela é entre 2,00 e 2,20 m para casas com pé-direito normal (entre 2,50 e 2,70 m). Essa regra também vale para banheiros e lavabos, onde existem espelhos. Em dormitórios, arandelas são usadas como luz de cabeceira e devem ser fixadas a 1,00 ou 1,10 m de altura, sobre criados-mudos.

Para obter a melhor luz

O segredo da boa iluminação está no modelo escolhido. Em lavabos e banheiros, por exemplo, peças com aberturas em cima e embaixo são as mais indicadas porque deixam a luz focada. Em dormitórios, a luz pode ser mais difusa. Para esse objetivo, a peça deve ser de tecido e menos focal, ideal para leitura. O mesmo vale para salas de estar, onde o objetivo é iluminar o maior espaço possível.

Luz de arandelas, exceto em alguns espaços como o lavabo, é complementar. Isto é, deve fazer parte de um projeto de luminotécnica maior, integrado a outras peças como pendentes, abajures e spots. Um bom projeto de iluminação é aquele que oferece possibilidades para cada tipo de ocasião. Cada atividade exige um tipo de luz diferente.

A sala de estar é, geralmente, o local onde as pessoas passam mais tempo quando estão em casa. É o espaço no qual se recebe visitas, se reúne a família e também assiste televisão. Portanto, é interessante que este ambiente seja o mais aconchegante possível, não é mesmo? Então não perca tempo e descubra ainda mais sobre arandelas e iluminação decorativa. Clique www.eletropirescatalogo.com.br e veja nossos modelos para você!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>